Inchaço - Você sabe o que é Lipedema?

LIPEDEMA - SAIBA MAIS SOBRE ESSA DOENÇA


Um problema comum nas gordinhas é o inchaço, só que algumas de nós possuem um inchaço ou excesso de gordura em certas partes do corpo de forma excessiva, até ontem eu realmente não sabia nada sobre essa doença, porém ao ler sobre o lipedema percebi que é algo muito mais recorrente do que gostaríamos, resolvi compartilhar os sintomas e os tratamentos disponíveis até o momento.

O que é lipedema ou lipoedema?

 lipedema ou lipoedema

 


É uma doença crônica, do tecido adiposo (gordura corporal) pode ser hereditária e atinge principalmente as pernas, ancas (quadril) e braços. As áreas afetadas apresentam excesso desproporcional de tecido adiposo.

Em geral é hereditária, ocorre quase que exclusivamente nas mulheres, afeta tanto mulheres magras como com obesidade mórbida, porém notamos mais nas gordinhas.

Em geral os pés não apresentam o excesso de gordura mesmo quando as pernas estão muito afetadas e um grande problema é que mesmo após rígidas dietas para perder peso os locais que apresentam o lipedema não perdem a gordura.

A partir de qual idade ou situação o lipedema surge?


Em geral, aparece na puberdade, também durante a gestação ou logo após, na pré-menopausa e após cirurgias ginecológicas.

Quando essa doença surge nos homens sempre está associada aos problemas hepáticos. O lipedema pode muitas vezes ser confundido com obesidade e o linfedema, mas são doenças distintas.

Quais os sintomas do lipedema?

Um dos sintomas é que em geral pessoas com essa doença ganham peso nas regiões afetadas, mas perdem peso muito mais fácil e em maior quantidade nas regiões sadias do corpo. Algo bem clássico são os obesos com lipedema que fizeram a bariátrica, em geral eles perdem muito mais peso nas áreas onde não têm a doença.

Uma questão grave é que com o passar dos anos as pessoas com a doença acabam ganhando muito mais peso nas regiões afetadas e apresentam propensão a desenvolver o linfedema como algo secundário. 

Dor ao ser tocada a região afetada, facilidade na apresentação de hematomas e problemas de circulação e pele com aparência de casca de laranja, mas não confunda com celulite, esta é outro problema bem mais leve.

Como é feito o diagnóstico?


Somente um médico pode avaliar se realmente você apresenta a doença, será avaliado o seu corpo como também a hereditariedade.

Graus e estágios da doença:


Tipo I: acumulação de tecido adiposo subcutâneo nas nádegas e ancas e desenvolvimento fácil de hematomas após lesões insignificantes ou de contacto mais intenso.
Tipo II: o lipedema atinge os joelhos, havendo formação de bolsas de gordura.
Tipo III: o lipedema vai da anca ao tornozelo.
Tipo IV: os braços e as pernas ficam afetados exceto mãos e pés.
Tipo V: lipolinfedema com acumulação de líquidos nas mãos e pés, assim como nos dedos das mãos e pés. 

Estádios alteração da pele:

Estádio I: superfície da pele ligeiramente granulada e sensibilidade ao toque.
Estádio II: superfície da pele com alta granulação e covas maiores.
Estádio III: grandes edemas e deformações da pele.


TRATAMENTOS PARA O LIPEDEMA OU LIPOEDEMA


  • Drenagem linfática manual
  • Compressão: uso de meias e cinta
  • Terapia descongestiva completa 
  • Exercício físico: natação e hidroginástica
  • Manter o peso dentro do ideal
  • Fisioterapia
  • Câmara fria
  • Criolipólise

Não é recomendado o uso da lipoaspiração para não provocar futuramente linfedemas.

Então se após ler esse texto acredita que possa a ter essa doença ou conhece alguém com esses sintomas procure auxílio médico para que este prescreva o melhor tratamento, quanto antes começar os esforços para manter sob controle a doença melhor.


Lembre-se de curtir as nossas redes sociais e fique por dentro de todas as nossas atualizações.
COMENTE GOOGLE+
COMENTE BLOGGER

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © 2017 Dietas Regimes Obesidade